• Daniel Olivetto

ARQUIVAMENTO DE DENÚNCIA

NOTA DA PRODUÇÃO





Recebemos do Ministério Público, por meio da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Itajaí, na manhã desta segunda-feira, 31 de maio de 2021, o Despacho de INDEFERIMENTO E ARQUIVAMENTO da Notícia Fato instaurada para investigar denúncias feitas pelo Conselho Tutelar, segundo a qual o projeto “Criança Viada Show” faria “apologia à pedofilia” e apresentaria outros conteúdos de ordem sexual para crianças.


No documento, o senhor promotor Diego Rodrigo Pinheiro destaca que não há qualquer conteúdo que justifique as denúncias, que o projeto não fere o Estatuto da Criança e do Adolescente e, ainda, informa que as denúncias e manifestações públicas feitas em relação ao projeto ferem a liberdade de expressão.


A partir de agora, a produção do evento aguarda um parecer da Prefeitura Municipal de Itajaí, liberando a live de estreia do projeto intitulada ”Roda Bixa” que teve sua realização suspensa pela Prefeitura. Após o recebimento do documento, que esperamos ver em breve, anunciaremos a nova data de realização da live de estreia do projeto Criança Viada Show. Vai ter live, sim!


Neste momento, aproveitamos cada caminhar até a liberação para promover um debate público acerca de temas de tão urgente discussão. Seguiremos tornando públicos cada documento, seguiremos dando entrevistas e iremos até o fim. Entendemos, desde o início, que as denúncias foram feitas de maneira precipitada e preconceituosa, distorcendo os conceitos e intenções do projeto e comprometendo a reputação dos artistas e produtores envolvidos.


Recebemos emocionados o documento e aproveitamos para enaltecer, nesta nota, o trabalho do senhor promotor Diego Rodrigo Pinheiro pela clareza com a qual argumenta em defesa da liberdade expressão.


Novamente finalizamos dizendo que somos artistas, somos gays, somos pesquisadores, somos produtores, somos resistência e nós dizemos não!


Porque sim, a gente precisa falar no assunto. E porque não, a gente não volta mais pro armário.


Veja o documento do Ministério Público na íntegra a seguir.


Arquivamento
.pdf
Download PDF • 1.91MB

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo